A banda desta semana é uma das minhas preferidas. Me refiro a banda finlandesa de metal sinfônico Nightwish, que inovou o cenário musical do heavy metal. O grupo foi fundado em 1996 na cidade de Kitee pelo tecladista Tuomas Holopainen. O Nightwish começou a ganhar popularidade na Finlândia logo em seguida do lançamento do primeiro […]

Por:

A banda desta semana é uma das minhas preferidas. Me refiro a banda finlandesa de metal sinfônico Nightwish, que inovou o cenário musical do heavy metal. O grupo foi fundado em 1996 na cidade de Kitee pelo tecladista Tuomas Holopainen.

O Nightwish começou a ganhar popularidade na Finlândia logo em seguida do lançamento do primeiro álbum, Angels Fall First, mas só ficou conhecida em toda a Europa quando lançou o Oceanborn, e conquistou o sucesso mundial após o Century Child e Wishmaster.

Na formação original, a banda contava com Tuomas Holopainen (teclados, letras e vocais masculinos), Emppu Vuorinen (guitarra), Jukka Nevalainen (bateria), Sami Vänskä (baixo), Tarja Turunen (vocal feminino). Anos mais tarde, para o desgosto de muitos fãs, a banda mudou de formação: o baixista Sami Vänskä, saiu logo no começo, dando lugar para Marco Hietala (baixo e vocal masculino principal); e a tão adorada vocalista, Tarja Turunen, saiu para entrar Anette Olzon (novo vocal feminino).

Nemo: o maior hit da banda

História:

Nightwish começou quando, Tuomas Holopainen, que tocava para outras bandas na época e em nenhuma delas tinha a liberdade para compor, decidiu fundar seu próprio grupo. Com influência de grandes bandas da época, como Stratovarius e The Gathering, Nightwish começou como um projeto acústico.

Os primeiros a serem convocados por Tuomas foram, o guitarrista Emppu Vuorinen e a cantora lírica Tarja Turunen, respectivamente para os cargos de guitarrista e de vocalista feminina. Assim que fixada a primeira formação, os músicos gravaram a primeira demo, de nome Nightwish (nome que mais tarde tornaria-se o título da banda). Essa primeira demo foi lançada exclusivamente na Internet, afinal, assim como toda banda independente, Nightwish sofreu para conseguir chamar a atenção das gravadoras.

Wish I Had an Angel:

Quando o baterista Jukka Nevalainen entrou na banda, a Nightwish gravou uma nova demo, também só disponibilizada na Rede. Mas foi essa demo que fez a gravadora Spinefarm Records se interessar pela banda e, assim, fecharem um contrato oficial para o lançamento do primeiro grande álbum da banda, o Angels Fall First.

Nos anos seguintes, a banda lançou os discos que levaram-na ao sucesso, o Oceanborn, Century Child e Wishmaster. Através destes, a Nightwish teve seus singles Nemo e Wish I Had an Angel inclusos na programação da MTV.

Nightwish ao vivo (End of an era):

O sucesso da banda aumentava a cada dia, porém, como diz o ditado: “quanto maior o salto, maior a queda”. Após o maior show da história da banda, foi revelado em uma carta aberta para a imprensa, a demição da vocalista Tarja. A carta foi escrita pelo próprio Tuomas que, já fazia um bom tempo, não se entendia com a cantora. A saída de tarja da banda foi, e ainda é, um choque para muitos fãs.

Quando Tarja picou a mula, foi a chance de Anette Olzon mostrar seu talento. Infelizmente para a Anette, substituir uma cantora como Tarja Turunen não é terefa nada fácil. Muitos dos antigos fãs não aceitaram a mudança, e até hoje suplicam a volta de Tarja. No entanto, a nova vocalista também lançou hits como: Amaranth e Bye Bye Beautiful.

Amaranth com Anette Olzon no vocal:


Opinião de usuários