Hoje gostaria de falar sobre duas séries que se passam dentro de uma agência de publicidade. De cara já digo que ambas são muito boas e recomendo, pra não ficar com aquela encheção de saco de sempre – “é muito boa, assistam”, “é fantástica e incrível, um verdadeiro fenômeno que você não pode deixar de […]

Por:

Hoje gostaria de falar sobre duas séries que se passam dentro de uma agência de publicidade. De cara já digo que ambas são muito boas e recomendo, pra não ficar com aquela encheção de saco de sempre – “é muito boa, assistam”, “é fantástica e incrível, um verdadeiro fenômeno que você não pode deixar de lado” -, vamos lá então. Falarei brevemente sobre Mad Men e Trust Me. Qual será que é a melhor série de publicidade?

Mad Men

A primeira série Mad Men é produzida pelo canal HBO e claro, é incrível e blablabla. Mas há uma diferença, ela se passa em uma agência dos anos 60 e é MUITO mais dramática. Claro, é boa, mas foca muito mais na vida dos personagens. Tem muitas coisas interessantes, é legal ver a produção de uma campanha e o empenho do pessoal em tentar aprová-las. Ao passar dos episódios você irá descobrir o passado oculto do protagonísta, Don Draper. A série é de 2007 e já ganhou vários Emmys e Globos de Ouro, mas vai por mim, se você quer uma série que foque mais na realidade e realmente em publicidade, vai preferir assistir Trust Me. Mad Men é muito legal, mas é meio “glamourizada” demais. É mais pra quem gosta de drama.

Trust Me

Se você quer saber mais sobre publicidade e como funciona uma agência realmente, nos dias de hoje, assista Trust Me. Além de ser muito mais divertida, é óbvio, pois Mad Men é uma série dramática, enquanto Trust Me tem muito mais humor e pouco drama. Mostra a vida da dupla de criação, Mason McGuire (diretor de arte) e Conner (redator), e o “conflito” entre os dois quando o diretor de arte é promovido a diretor de criação e torna-se chefe do seu parceiro. Além de mostrar o processo de brainstorms; produção de comerciais; reuniões com clientes; a perda e ganho de contas; promoções de cargos e a “trairagem” entre colegas de profissão. Não mostra só a vida da dupla principal do grupo de Tony Mink, mas também o trabalho das outras duplas e dos recém-chegados, como Sarah (ex-parceira do protagonísta). Faz parecer que publicidade não tem tanto glamour, mas é muito mais realista, coloca o telespectador e interessados em publicidade (como eu) muito mais na realidade do que é este ramo, fora daquele mundo de fantasias, que às vezes parece ser pra quem vê de fora. Infelizmente Trust Me tem apenas 13 episódios, é de 2009 e foi transmitido pelo canal TNT.

Conclusão – Quem ganha?

Não vou esconder que prefiro muito mais Trust Me, mas também gosto muito de Mad Men. Talvez Mad Men seja melhor pra quem gosta mais de dramas e de um enredo “mais ficção”. Acredito que Trust Me teria muito potencial se lançassem mais episódios. Pra encerrar, recomendo que assistam PRIMEIRO Trust Me, pois é muito mais curto e divertido, e em seguida deixem pra assistir Mad Men.


Opinião de usuários