A História do Anime No final da segunda guerra mundial o Japão era ocupado pelos Estados Unidos, muitos artistas japoneses tiveram contato com a cultura ocidental, e principalmente, com a cultura pop ocidental. Desenhistas que estavam começando a carreira conheceram alguns quadrinhos, desenhos animados, desenhos da Disney e etc. Envolvidos nisso estavam Osamu Tezuka, Shotaro […]

Por:

A História do Anime

No final da segunda guerra mundial o Japão era ocupado pelos Estados Unidos, muitos artistas japoneses tiveram contato com a cultura ocidental, e principalmente, com a cultura pop ocidental. Desenhistas que estavam começando a carreira conheceram alguns quadrinhos, desenhos animados, desenhos da Disney e etc.

Envolvidos nisso estavam Osamu Tezuka, Shotaro Ishinomori e Leiji Matsumoto. Mais tarde se consagraram no mercado mangá, e Osamu hoje é lenda. Influenciados pela mídia ocidental artistas e estúdios japonêses desenvolviam projetos de animação experimental. O mangá reinava como mídia e então nasceram os primeiros animes de sucesso, como A Lenda da Serpente Branca (Hakujaden), que estreou em 22 de outubro de 1958, foi lançada pela Toei Animation. Foi o primeiro anime especialmente feito para televisão, veiculado na TBS.

Logo em seguida, no primeiro dia do ano de 1963 foi lançado Astro Boy, baseado no mangá de Tezuka. Já tinha a estética de personagens com olhos grandes e cabelos espetados, que veio da versão impressa. Este anime foi o propulsor da maior indústria de animação do mundo, conquistando público também no ocidente. Tezuka se tornou um ídolo no Japão. Outras produtoras investiram nisso e clássicos como Oitavo Homem e Super Dínamo nasceram, apesar de ainda não existirem muitos recursos naquela época.

Em 67 surgiram quatro filmes e catorze séries animadas: A Princesa e o Cavaleiro, Fantomas e Speed Racer, o primeiro teve grande projeção internacional. E com os anos animes de todos os tipos foram lançados, infantis, adultos, masculinos, femininos, sobre robôs gigantes (existe uma palavra em japonês para cada um desses tipo, mas eu não fico decorando, só me lembro do de robôs que é mecha, isso se eu não me enganei também).

Animes, mangás e agora jogos

Geralmente animes são baseados em mangás de sucesso, a maioria dos que você ve provavelmente tem um mangá, que foi lançado antes. Mas em alguns casos acontece o contrário como em Evangelion (Neon Genesis Evangelion/Shin Seiki Evangelion) , onde o mangá foi produzido após o anime fazer sucesso. Ou existe o caso do jogo que vira anime, como em Drangon Quest, Chrono Trigger, Pokémon e Final Fantasy, os dois primeiros tiveram Akira Toriyama na equipe como desenhista e foram lançadas pela Square-Enix.

Fansubbers

Como não posso deixar de citar, existem os fansubber. Que a maioria já sabe, são grupos que legendam animes, sem fins lucrativos, pois são fãs (fan=fã sub=legenda er=dor). Isso começou nos EUA, o pessoal queria ver animes que não passavam lá mas não é todo mundo que sabe japonês, então fãs se juntaram e deram um jeito de traduzir as obras originais, no ínicio tudo ainda era distribuido em fita cassete, lá e aqui, quando o pessoal daqui também começou a pegar a idéia (eu lembro ainda que eu pedia umas fitas de anime pro fansubber Shin Seiki Anime, pioneiro aqui no Brasil, excelente fansubber, espero que ainda exista). Com o passar do tempo e a chegada da tecnologia e da banda larga (digo, banda larga pelo menos no EUA naquela época) os fansubber começaram a distribuir pela internet, através das redes IRC, nos canais dos respectivos fansubber, como antes a coisa também veio para cá e é por isso que hoje você ve #omda quando assiste Bleach ou algo #fansubber-aqui dependendo do anime que você assiste, pois #omda é o canal do fansubber omda, um dos pioneiros ou talvez o primeiro (não sei) fansubber que começou a lançar pela internet, no IRC, posteriormente também em torrent, por ele eu baixei já Love Hina, X TV e Excel Saga. Love Hina veio para o Brasil graças a eles que legendaram este anime, na época ainda faltavam anos para o anime ser lançado oficialmente no Brasil e eu na verdade nem imaginava que um dia chegaria. Hoje em dia os fansubber legendam e a maioria do pessoal baixa em RMVB mesmo, com a qualidade que for, geralmente públicados em qualquer site que não tem nada a ver com o fansubber e convertidos para o formato pelo mesmo site. Nos fansubber a maioria dos arquivos é na extensão AVI, com qualidade perfeita, as vezes também estão na extensão MKV ou MP4

Animes não se legendam sozinhos, ainda mais os que não estão licenciados ainda no Brasil, por isso lembre-se da galera que legenda pra você o negócio, e fiquem agradecidos, pois eles fazem tudo sem fins lucrativos, o que seria de nós otakus não é? E sobre fansubber para encerrar quero lembrar de que estão querendo aprovar um projeto que trata legendar animes como pirataria também, eu sou contra, pois sem eles nos estariamos nas mesmas merdas de anime da tv aberta até hoje penso eu. Então se esse projeto ainda não foi vetado corram atrás de algum abaixo-assinado ou sei lá, se você também for contra.

Revistas e outras mídias

Eu ainda me lembro que as revistas que eu sempre comprava eram a Ultra Jovem, Anime>Do e Henshin. Eu aprendi tudo que sei sobre animes graças a elas, a internet e ao meu vício por jogar Pokémon Yellow e Pokémon Silver para game boy (emulado) e mais ainda quando me viciei em Dragon Ball Z (aposto que uma galera que le aqui começo com Dragon Ball Z, que pra mim é o melhor anime até hoje desde o primeiro dia que eu vi ?). A revista Ultra Jovem não sei se existe ainda, mas novamente, espero que ainda exista isso também. Mas essas eram as principais, eu comprava tudo que é revista que falasse sobre animes, mangás não importa qual fosse e qual número estivesse. Hoje tenho umas pilhas com trocentas revistas e mangás, mas parei com esse vício em revistas de anime, hoje existe muito conteúdo sobre anime na internet, mas estou com uma Anime>Do recente aqui.

Sobre Eventos

Antes eu ia em um evento de anime aqui em Curitiba, que se chamava Animencontro, nasceu em 97 (depois li na internet que foi o primeiro evento de anime do Brasil), mas infelizmente o último foi em 2004 (que eu me lembre), eu ia mais pela exibição de animes do que qualquer coisa, não era tão fácil ver animes “inéditos” como é hoje, depois pelas entrevistas e palestras de gente da área, como dubladores e “chefes” das editoras de mangá, por último pelos concursos de cosplay e music videos. Mais tarde vieram outros eventos, como o matsuri, mas que achei sem graça, por não ter exibição de anime e quase nada, além de pessoas andando de lá pra cá, a maioria nem anime curtia ou dizia que era tosco. Em breve vou conferir o Last Heroes e espero que tenha em breve um AnimeXD, pois nunca fui nesses. Mas acho que eventos aqui já era, pelo menos na minha cidade, no país a fora tem mais um monte.

Dos eventos mais atuais eu só conheço o Anime Friends e o Anime Dreams porque parei de pesquisar sobre isso. Mas antigamente os outros eventos que eu sempre ouvia falar (na verdade lia nas minhas revistas, haha) eram o AnimeCon e Anime Expo, mas creio que não existem mais.

Animes “das antigas já” que fizeram sucesso e os mais “moderninhos” da juventude atual. E as recomendações do Wino.

Dragon Ball e Dragon Ball Z – lógico

Cavaleiros do Zodíaco – clássico, lógico

Yu Yu Hakusho

Esse é bem bacana, ótimo pra vira o domingão triste assistindo

Neon Genesis Evangelion

 

Passava na locomotion, eu vi lá e no pc, anime muito bom, fez muito sucesso no Japão, sobre anjos “malvados” que querem destruir a terra e robôs gigantes com vida que são controlados pelos humanos, advinhe para que? Pra meter porrada nos anjos “malvados”.

Samurai X ou Rurouni Kenshin

Um dos meus favoritos,assistia no cartoon network,ótimo pra virar domingão triste, madrugada, final de semana inteiro se quiser. A série prende você na história, e tem episódios bem animados. Os ovas também são ótimos.

Pokémon

As primeiras temporadas só – Clássiiiiiiico infantil (da minha infância ainda). Eu me lembro ainda quando passava na record e da época que eu comecei a ver na record, o pessoal todo louco no colégio, só falava de pokémon, colecionando cartinha, tazo e o que fosse do pokémon, batendo bafo, jogando o “pokémon super-trunfo” da elma chips (tudo apostando os mesmos itens do jogo, claro) . Lembro que na pressa para completar a coleção até comprei uma já completa por cinco reais, que pechincha, até hoje acho que foi um ótimo negócio, ótimo não, excelente, pena que eu perdi a coleção… Eu lembro que via o anime e comecei a ver o pessoal jogando no game boy, queria tanto jogar aquele jogo, então logo aprendi o que era emuladores e roms, graças ao jogo do pokémon, comecei a fechar o jogo emulando no computador mesmo, e veio yellow, blue, red, green, silver, gold, crystal e o caralho a quatro, só não joguei os do advanced. No final fiquei mais viciado nos jogos do game boy no que no próprio anime, mas tanto faz. Esses dias tava vendo o primeiro episódio, história do jogo, do anime e do criador, é bem interessante, olhem lá na wikipédia sobre o Satoshi (o criador, creio eu), é bem interessante como ele teve a idéia de criar o jogo, e os nomes do Gary e do Ash também é interessante de onde veio a inspiração. Estava vendo não que eu ainda assista até hoje, mas é que lembrei desse anime e quis pesquisar, no impulso até comprei um game boy e o cartucho do pokémon yellow pela internet, acho que realizarei meu sonho de infância, se o game boy chegar, mas acho que até amanhã chega. To pensando em baixar a primeira temporada em breve, pra rever e lembrar tudo de novo, mais pela nostalgia, pela infância (que se depender nunca acaba de verdade), mas vamos sair do lado pessoal agora. Pena que depois da segunda ou da terceira (não lembro) ficou sem graça demais, e veio uns pokémons muito nada a ver, muito toscos.

Sailor Moon

Anime muito bom, com uma história bem bolada, sobre meninas, com meninas, feito de meninas para meninas. Mas é bem legal pra qualquer um eu acho, pelo menos eu via quando eu era criança, mas agora não sei, nunca vi mais.

Sakura Card Captors

Um grande sucesso da CLAMP, anime alegrinho, uma história feliz e bem interessante até.

Digimon e Yu-Gi-Oh

Estes dois só coloquei porque o pokémon me fez lembrar, quem nunca viu, mas depois da segunda temporada do digimon e a primeira do yu-gi-oh acho que ambos ficaram bem enjuativos e CHATOS PRA CARALHO, enfim, é isso.

X

Sem comentários, apesar de ser da CLAMP acho que esse não foi feito para o público feminino. História fodastica que deixa você intrigado até o final e faz ver um episódio atraz do outro, não é só um mero anime. Também tem filme, não passou na tv brasileira até hoje que eu saiba, pelo menos não até a época que eu ainda via tv. Mas é ótimo e quis por aqui pra recomendar, é um sucesso que não passou na tv de qualquer jeito. Lembrei dele agora porque acabei de citar dois animes da CLAMP, mas nem é no mesmo estilo dos últimos dois, apesar de envolver mágia também. Também foi lançado um filme.

Gundam

Nunca vi direito, mas deve ser bom, sempre fui curioso pra ver desde a época que eu via anime só na tv e lia nas revistas sobre ele, vejam ae de qualquer jeito, eu ainda tenho que ver.

Guerreiras Mágicas de Rayearth

Sempre ouvi falar, mas nunca vi direito, mas tenho que ver um dia, também é da CLAMP, coloquei aqui só porque sempre ouvi falar, sempre li sobre nas revistas e diziam que fez bastante sucesso na época do SBT.

Fly ou Dragon Quest

Não lembro da história, eu via no SBT quando era pequeno, só sei que foi um jogo, e foi desenhado por Akira Toriyama, mas enquanto pesquisava para este post fiquei curioso e acho que vou baixar este anime.

Cowboy Bebop

Excelente anime, passava na locomotion, direi algumas coisas e a primeira é que você deve assistir, comece a assistir hoje. Assista, tem uma trilha sonora incrível, tem uma história incrível, bem desenvolvida e intrigante, personagens muito fodões, é divertido, engraçado e sério ao mesmo tempo. Resumindo, a história é sobre um cowboy do espaço e seu companheiro, eles são caçadores de recompensas, prendem criminosos, ganham seu dinheiro. É uma mistura da nostalgia dos cowboys com ficção sobre o espaço, também tem drama, mas sem desanimar. Os nomes dos episódios fazem referência a músicas, anime genial, tem tudo que você imagina em apenas um anime. As músicas de abertura e encerramento também são demais (Yoko Kanno), trilhas com jazz e aquelas músicas “velho oeste” (não sei o nome). Também foi lançado um filme.

Slayers

Esse nunca vi um episódio direito, passou na Band mas eu vi um episódio só que eu lembre, enquanto estava distraido fazendo outra coisa, tenho que ver qualquer dia, deve ser bom, coloquei esse porque estava em um top 30 e porque eu sempre lia nas revistas sobre este anime.

Tenchi Muiyo

Anime fodão, esta entre os meus favoritos apesar de eu não ver muito agora. A história é bem legal, acho que a maioria aqui com mais de 15 anos já deve ter visto, passava na Band também, no programa Band Kids. Comecei a ver junto com Dragon Ball Z, na televisão mesmo, e foi da minha época mais viciado em animes, por isso tenho ótimas lembranças desta época, assistia em 2001 com a apresentação da Kira ainda, pra quem lembra, a tarde.

Bucky

Este eu coloquei só porque passavam na Band Kids, não importa se chegou a fazer sucesso de verdade mesmo, eu achei legal.

El Hazard

Este também coloquei porque passou no programa Band Kids, mas também acho que fez sucesso.

Caçadores de Elfas ou Those Who Hunt Elves

Passava no canal Locomotion da directv, que hoje é o Animax. Era um excelente anime, gostei pra caralho. Era sobre jovens que acabaram indo parar em um mundo místico onde as mulheres eram elfas, eles tem que despir elfas para encontrar fragmentos (marcas) de um feitiço, junta-los todos no corpo de uma elfa “fodona” que ajudará eles nas aventuras em altas confusões para eles voltarem ao mundo “normal”, de onde vieram.

Saber Marionettes J e Saber Marionettes J to X

Os dois animes são ótimos, um é continuação do outro. Passavam na Locomotion também, já baixei todo o J do fansubber #anime-future, mas não encontrei o J to X ainda, mas acho que estão legendando. Assistia na locomotion e é o anime junto com evangelion que eu mais tenho lembranças de ter visto no canal. É sobre um planeta onde cai uma nave com humanos, mas eles tem que povoar o planeta através da clonagem, pois só sobreviveram homens, é muito louco. Então para ainda existirem mulheres existem as marionetes, mas todas sem “vida”, emoções e irracionais. Exceto as 3 principais da série, descobertas por Otaru, o protagonista e exceto também pelas marionetes vilãs.

Recomendo todos os animes que passavam na locomotion também, entre eles também estão Bubblegum Crisis Tokyo 2040,Blue Seed,Eatman,Serial Experiment Lain,Ramma 1/2, não lembro de outros. Recomendo todos os animes que passavam no Band Kids também. Todos os animes que eu citei acima são antigos, mas acho que muitos daqui ainda não viram vários desses, então recomendo que vejam. Alguns animes nem eu vi, mas já ouvi falar muito, provavelmente são bons também. Agora falarei dos animes moderninhos:

Death Note

Anime genial, acho que é o melhor dos animes mais novos. Sem muitos episódios, já foram todos lançados. Legal de ver e te prende a história. Dois personagens muito fodões, “Kira” e o “L”, meu favorito é o L só por falar, aposto que a maioria já deve ter visto mesmo. Um assasino e um detetive genio-louco se confrontam, de ínicio você pensará que será impossível descobrirem o Kira, o assasino, mas não é, o detetive L é mais esperto. Tem um final imprevisível e os assasinatos não são comuns… A forma de matar é muito diferente e o assasino é muito lógico, ele descobre o “Caderno da Morte” em um dia comum, e ai começam as mortes, quando ele escreve o nome da pessoa no caderno ela morre, ele também pode especificar a causa da morte, mas ele deve saber o nome verdadeiro da pessoa, é a regra, e essa não é a única. De todos estes mais novos é o que eu recomendo em primeiro lugar.

Elfen Lied

Anime violento, bonitinho e feliz (quando possível). Sobre novos tipos de humanos, as diclonius, que tem grande mãos invisíveis (cortantes, capazes de cortar membros, retalhar pessoas e o que você imaginar) chamadas de vetores. São um tipo de evolução da raça humana, existem várias, mas a principal acaba perdendo a memória, apesar da memória voltar as vezes, ela cai na praia e vai parar em uma pensão cuidada pelo protagonista quando ele a encontra. Quando lembra de quem era ela fica violenta novamente, menos com o protagonista e amigos dele.

Get Backers

Esse é demais, já to meio com preguiça de escrever, mas que eu me lembre ele tem 57 episódios. É sobre pessoas que recuperam qualquer coisa, memórias, parentes, quadros, coisas valiosas, mas eles nunca ficam em paz se você acha que é um anime fresco, eles LUTAM PRA CARALHO, no final cheguei a lembrar da época que eu via Dragon Ball Z e do estilo de luta também, onde sempre um cara acaba se superando e derrota o inimigo, também porque esse anime tem grandes vilões que aparecem de acordo com o andamento e inclusive alguns deles se unem aos heróis para poder derrotar inimigos mais fortes ou em maior quantidade. Cada personagem tem uma história ou algum drama. Todos os personagens são importantes para a história, e todos tem uma história interessante, até quem você pensa que sempre ta de fora, como o dono do Café que na maioria dos primeiros episódios fica na dele, no final até ele vem pra ajudar na PORRADA e descobre-se que ele já foi um fodão motherfucker nos tempos mais antigos do anime. Só vendo para você entender. Conheci através do canal Animax, comecei a baixar e vi tudo.

Rozen Maiden

Quando comecei a assistir ninguém falava sobre. Esses tempos ouvi falar que ganhou matéria em uma revista e estava na capa, mas não sei como ta aqui no Brasil no final. Mas de qualquer jeito é muito interessante e pelo menos pra mim foi um sucesso. É sobre bonecas que ganharam vida e vão parar na casa de um garoto que abandonou a escola, como quase sempre as bonecas vão chegando uma a uma, e a primeira a chegar é a principal. Em questão de violência é bem light, mas no drama e na história é um ótimo anime. E tem uns episódios muito engraçados, pois algumas bonecas são bem engraçadas e mesmo a principal que é a mais séria tem algumas peculiariedades, como achar que um boneco cachorro-detetive da tv existe de verdade, de um programa que elas sempre assistem.

Bleach

Eu achei muito bom quando comecei a ver, e ainda acho, mas não vejo mais, porque últimamente não vejo mais animes que estão sendo lançados ainda, e esta muito longo, mas é ótimo, dos animes longos acho que é o melhor.

Naruto

Nunca vi um episódio direito, coloquei aqui porque todo mundo fala dele. Eu acho que deve ser legal mas eu nem assisti direito, quando tentei assistir peguei em um episódio já no meio no Cartoon Network e nem curti, mas deve ser legal, basta eu ver com atenção desde o primeiro. Acho que vai demorar pra eu assistir porque não sou mais de assistir novos animes longos, mas quero tentar um dia.

Bom,esses foram alguns exemplos de animes fodões.Eu podia citar mais um monte, mas o post iria ficar muito grande. Então ficamos por aqui.

As Emissoras: SBT, Manchete e Band

Para encerrar, antes que o anime virasse uma moda também no Brasil, nos dependiamos dos canais para poder ver essas belezas. Então só pra fechar até o talo este post, quem é “jovem-velho” como eu lembra de alguma coisa, vamos recordar. Quem é novo ainda pode ficar sabendo se não sabe, e quem tiver de trinta anos pra cima pode comentar sobre as memórias dos canais que exibiam animes antigamente. Eu acho que eu cheguei a pegar o final da existencia do canal Manchete, lembro que lá passava Cavaleiros do Zodíaco, Yu Yu Hakusho não lembro mas li, acho que passava Jaspion e Changeman de tokusatsu, mas não tenho certeza, minhas memórias podem estar distorcidas. Eu lembro do SBT bem, que lá passava Dragon Ball (não o Z), Fly (que é o Dragon Quest) e Street Fighter de animes. A Band tinha o Band Kids, também lembro que lá passou o Slayer no meio da semana a noite, e passou o filme-anime Akira, que é clássico. No Band Kids eu lembro que passava Dragon Ball Z, Tenchi Muiyo, El Hazard, Bucky e não me lembro se teve outros. E o canal 21 da rede bandeirantes reprisou estes animes com exceção do Dragon Ball Z, depois do fim do programa Band Kids. Mais tarde o Canal 21 virou Game Tv e vieram alguns animes mais atuais, chegou a passar Samurai Shamploo que é um anime muito legal e teve até um programa que passava alguns animes chamado Otacrazy.

Sobre os canais mais “toscos”, temos a Record, do que eu me lembro ela só passou Pokémon de anime, foi a única coisa que prestou e a Globo só serviu pra cortar animes, parar de passar no meio do nada alguns também. De bom ela só fez em passar Dragon Ball (Dragon Ball mesmo), Digimon até a segunda temporada e pra lançar algumas modinhas de verão.

Sobre erros de português e considerações finais

 

Em breve farei uma revisão. Abaixo você vai ter dois links para dois rankings de alguns animes relevantes, bom proveito e boa procura pelos animes. Até o próximo post. Curto bastante anime e tava querendo fazer um post assim faz tempo, quem discordar ou concordar, valeu, só sei de uma coisa, todo mundo curte Dragon Ball.

 

http://www.canalteen.com/top-7-animes-mais-relevantes-do-brasil/

http://henshin.uol.com.br/2007/08/30/os-30-animes-dos-anos-90-que-deveriam-voltar-a-tv/


Opinião de usuários